sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015


Livros impressos recuperam alguma da popularidade perdida


imagem Merci|Paris

Texto via O Globo

São dados retirados da revista Financial Times.com, que revelam uma subida nas vendas, quando tudo indicava que o ano de 2015 marcaria o assalto final do livro digital ao livro impresso. Porém, as vendas de títulos impressos aumentaram em 2014 nos EUA, Austrália e Reino Unido. O levantamento da Nielsen BookScan dá conta de um aumento de vendas de 2,4% para os livros físicos, atingindo 635 milhões. Esta tendência pode manter-se nos próximos anos, graças ao público mais jovem e à ficção para jovens adultos."Jornais impressos resistem devido aos leitores que cresceram com jornais impressos, livros impressos resistem em todas as idades".

Uma pesquisa recente da Nielsen revela que os jovens entre 13 e 17 anos preferem os livros impressos. Trocar e emprestar livros é sempre mais fácil com um livro impresso.

Continuar a ler AQUI (Financial Times).



Sem comentários: