quarta-feira, 13 de novembro de 2013


Colóquio Internacional Almada Negreiros


Dias 13, 14 e 15 de novembro na Fundação Calouste Gulbenkian.


«No ano em que se comemoram os 120 anos do nascimento de Almada Negreiros e os 100 anos da sua primeira exposição, o Projecto Modernismo Online, o IELT - Instituto de Estudos de Literatura Tradicional e o IHA - Instituto de História de Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, organizam o Colóquio Internacional Almada Negreiros.
Figura ímpar da vanguarda portuguesa, Almada celebrizou-se em diversas áreas artísticas, da pintura e do desenho à dança e ao teatro, da escrita à crítica de arte. É essa obra imensa - e ainda tão desconhecida - que este Colóquio se propõe reavaliar no encontro de 48 investigadores de várias gerações e nacionalidades.
José-Augusto França, Rui Mário Gonçalves e Duarte Ivo Cruz são algumas das figuras que primeiro reflectiram sobre a obra de Almada e que com ele privaram, e disso nos darão testemunho. Nuno Júdice, Fernando Cabral Martins, Manuela Parreira da Silva e Ana de Freitas analisarão inéditos do espólio do artista, revelados pelo trabalho do Projecto Modernismo Online. Sara Afonso Ferreira, Mariana Pinto dos Santos, Sílvia Laureano Costa e Simão Palmeirim Costa trarão alguns dos contributos mais recentes da investigação sobre Almada, da Literatura à obra plástica, do Teatro à Geometria.
Aos estudiosos portugueses das universidades de Lisboa, Porto e Coimbra juntam-se investigadores estrangeiros como Andrea Ragusa e Manuele Masini, tradutores da obra de Almada para italiano, António Saez Delgado, que abordará a recepção de Almada em Espanha, Ellen Sapega, professora da Universidade do Wisconsin com vários trabalhos publicados sobre Almada, Tânia Martuscelli, investigadora brasileira que tratará a relação de Almada com o Surrealismo, ou o alemão Günter Berghaus, que encerrará o colóquio com uma comunicação sobre Almada e o movimento futurista.[...] »

LER MAIS...

Fonte: Cultura de Borla

Sem comentários: