segunda-feira, 28 de outubro de 2013


"Ainda não sei por que diabo continuo vivo"




"Só comecei a apreciar Poe quando tive de o declamar numa festa".

Lou Reed, músico e escritor,  detestava dar entrevistas e falar dos Velevet Underground, o grupo de rock que ajudou a fundar.  Em sua memória, lembro a entrevista que deu ao jornal espanhol EL País em 2010, por altura do lançamento do seu livro The Raven (O corvo), uma homenagem a Edgar Allan Poe. Nela, fala-nos da sua admiração pelo poeta, das suas narrativas como poemas, dos medos  que estruturam a obra  e que fazem parte da natureza de todos nós. A ler sem sombra de dúvida.

El País-arquivo (2010)


Sem comentários: