quinta-feira, 12 de setembro de 2013


Biblioteca de Alexandria premiada pela Fundação Calouste Gulbenkian 2013



 Biblioteca de Alexandria

O Prémio Calouste Gulbenkian, no valor de 250 mil euros, foi atribuído este ano a um dos mais prestigiados centros de conhecimento do mundo, a Biblioteca de Alexandria. O seu diretor, Ismail Serageldin, esteve em Lisboa, no mês de julho, para receber esta distinção internacional, na Fundação Calouste Gulbenkian.

"Durante a revolução não foi atirada uma única pedra à Biblioteca", garantiu Ismail Serageldin à plateia que o ouvia, recordando o cordão humano que em 2011, no eclodir dos protestos, protegeu  a Biblioteca dos ânimos mais exaltados. Ao longo do seu discurso, sublinharia várias vezes a importância de "combater as ideias através de outras ideias" e defendeu "uma conciliação nacional que envolva todos os egípcios".



Fonte: FCG-Newsletter 146 setembro 2013. 









Versão digital.

Sem comentários: