quinta-feira, 15 de agosto de 2013


Allan Sekula (1951-2013)




The Forgotten Space Trailer from The Forgotten Space (2010) on Vimeo.

Documentou o capitalismo selvagem, os efeitos da globalização no mundo moderno e dedicou boa parte da obra ao mar. Allan Sekula morreu no sábado.
Reinventou a fotografia e acabou no cinema documental. Allan Sekula descreveu-se como discípulo de Duchamp e de Marx. E as referências são óbvias: Sekula procurou cruzar a arte com uma perspectiva crítica da política e da economia modernas. Questionou o capitalismo até à exaustão, pôs em relevo os mundos menos representados e as invisibilidades da globalização e, através da imagem, denunciou as condições a que são sujeitos os trabalhadores marítimos ou o imperialismo dos mercados financeiros.

LER MAIS.

Fonte: Jornal i online, 15-08-2013.
Ver também: http://www.theforgottenspace.net/

Sem comentários: