sexta-feira, 21 de junho de 2013


Antena 1 - Entrevista a Sampaio da Nóvoa



2013-06-21                                  Ver AQUI.

O reitor da Universidade de Lisboa considera que há novos movimentos na sociedade portuguesa que podem vir a ser uma alternativa de governo daqui a alguns meses. António Sampaio da Nóvoa salienta que “a alternativa de governo não pode ser uma mera rotação de partidos, como tem acontecido em Portugal”. “É esse bloqueio político que temos de quebrar”, acrescenta, aludindo à alternância de PS e PSD no poder.

Sampaio da Nóvoa defende que o país precisa de uma política de choque para combater o desemprego jovem. “Não iremos a lado nenhum se desperdiçarmos esta geração. O desemprego jovem é a morte a prazo da sociedade portuguesa. Temos que fazer um choque, ter uma política de choque sobre as questões do emprego jovem”, argumenta.

Nesta entrevista conduzida pela jornalista Maria Flor Pedroso, Sampaio da Nóvoa refere que a sociedade portuguesa já deu todos os sinais de que não se está no caminho certo, o que dá uma enorme insatisfação que provoca uma fratura na sociedade. Esta situação resulta de uma falta de projeto, de um programa, de convergência. Sampaio da Nóvoa não acredita que os partidos de Esquerda se vão unir, mas sublinha que podem convergir.


Fonte: Antena 1 - Entrevista a Sampaio da Nóvoa




Sem comentários: