quinta-feira, 20 de junho de 2013


A contas com a Google



imagem via tgdaily.com


França dá três meses à Google para mudar política de privacidade
É o culminar de uma novela com vários episódios. Depois de algumas ameaças e quase um ano de investigações, o regulador francês para a proteção de dados tomou uma decisão.

A Comissão Nacional de Informática e Liberdades francesa (CNIL) deu três meses à Google para que mude a política de privacidade dos seus serviços, que segundo o regulador francês, não está em conformidade com o Ato de Proteção de Dados que vigora no país. 

Caso a gigante tecnológica norte-americana não acate a ordem, terá que pagar uma multa de 150 mil euros, que pode subir até aos 300 mil euros caso a situação se mantenha após a aplicação da primeira coima. 

A CNIL quer que a Google clarifique, de forma separada e por serviço, os utilizadores das políticas de privacidade e dos dados que são recolhidos, quer que esclareça o tempo em que retém a informação do utilizador e que diga quando a liberta após já não ser necessária, e quer que a tecnológica colecione de forma justa a informação pública conseguida através dos serviços como o DoubleClick e o Analytics. 

Um outro ponto diz respeito aos termos de utilização unificados: "não proceder sem uma base legal", pode ler-se no comunicado da CNIL. 

Ler MAIS.

Fonte: TeKsapo  via @CarlosPinheiro

Sem comentários: