sábado, 2 de fevereiro de 2013


O desafio das bibliotecas na era digital


Em Espanha, como em Portugal, as bibliotecas enfrentam o desafio de um mundo em mudança e em crise. A era analógica continua entre nós,o livro a emprestar é ainda e sobretudo o livro impresso, mas vivemos rodeados de atração pela tecnologia e pelo mundo da web 2.0. Este debate que, infelizmente, não vimos ainda na comunicação social portuguesa, traz a lume muitas das questões que enfrentam os bibliotecários e as bibliotecas públicas.
 Estamos certos de que poderemos aqui incluir problemas idênticos quanto às bibliotecas escolares: a falta de recursos humanos, a ausência de recursos materiais e financeiros, dificuldade na superação de questões práticas ou técnicas no tratamento destes produtos e, além disso, a indefinição legal quando falamos no empréstimo de livros digitais e direitos de autor. Por fim, os participantes neste debate deixam-nos algumas preocupações: a necessidade de as bibliotecas se prepararem, não para o presente, mas para um futuro que deverá tornar-se tecnologicamente mais exigente;  a contínua necessidade de as bibliotecas se manterem nas vanguardas da filtragem e da organização da informação que, reconhecem, cada vez é mais vasta e caótica para o utilizador desprevenido.

 Uma conversa entre Iolanda Bethencourt, editora e corresponsável pela web BEAT sobre tecnologias da informação e da comunicação no mundo da edição; Javier Leiva, formador e consultor sobre o uso da internet nas organizações; e Fernando Juárez, Diretor da Biblioteca de Muskiz, em Biscaia, que foi pioneira na integração dos serviços 2.0.[trad. nossa]

via Documenta Territorio eBook Scoop it

Sem comentários: