domingo, 22 de janeiro de 2012


Fialho de Almeida na Biblioteca Nacional


A Biblioteca Nacional organiza uma mostra do acervo bibliográfico do escritor Fialho de Almeida (1857-1911).

"Personalidade complexa, se não contraditória, o escritor deixou uma obra desigual ou fragmentária, mas de importância literária incontornável no século XIX português, mercê de uma prosa finalmente reconhecida pelos seus pares no século XX. Escreveu, conforme autobiografou, com «a necessidade que há de escrever como se pensa e como se fala, límpido, claro, brutal, simples e certo, veemente ou plácido segundo o veio d’água do assunto, precipitado ou espraiado, consoante o temperamento emotivo de quem escreve, e sincero sempre, arrancado d’alma ».

Mundano, com um olhar sociológico abundante nos textos de crítica e crónica que dispersou em jornais, numa época de viragem na história portuguesa, foi um exemplar típico do intelectual finissecular, cuja biblioteca particular, objecto de doação à Biblioteca Nacional, é uma fonte de estudo desafiante na ocasião do centenário da morte.[...]"

Ler texto integral AQUI.
outra ligação:
Projeto Vercial /Fialho de Almeida (1857-1911)
imagem: site Centenário da República


Sem comentários: