domingo, 1 de maio de 2011


Heroínas

Heroinas from museothyssen on Vimeo.

A véspera do Dia da Mãe faz-nos evocar uma exposição sobre mulheres, intitulada Heroínas da história da pintura, patente no Museo Thyssen-Bornemisza & Fundación Caja Madrid, em Madrid.

No pequeno folheto distribuído à entrada da exposição podemos ler " As mulheres representadas na pintura têm sido reduzidas muitas vezes ao papel de femme fatale, definida pela relação com o desejo masculino, ignorando o que nelas há de figuras semelhantes a Orfeu, capazes de humanizar e apaziguar animais e homens. Do maneirista Dosso Dossi atá aos tardios pré-rafaelitas Waterhouse e Evelyn de Morgan, as feiticeiras mitológicas Circe e Medeia, tradicionalmente odiadas, aparecem aqui com uma sabedoria oculta, até agora incompreendida." [...]


Imagem: Wislow Homer

As Leitoras
Podemos ainda ler: "Um vestígio desses poderes espirituais sobrevive na figura da leitora. Por que são tão frequentes as figuras das leitoras na pintura ocidental? Talvez, e em primeiro lugar, pela associação da leitura ao interior e ao ambiente doméstico. Mas, para além desta interpretação sociológica, existe uma noção mais profunda da intimidade como interioridade/intimidade (interioridad no original). A leitura gera um espaço onde a mulher pode viver a sua vida através de outras vidas. A leitura constrói-se : 'uma casa própria' como referiu Virginia Wolf.
Uma exposição que vale a pena. Até Junho de 2011.

Consultar Site do museu.

1 comentário:

IÓ NA TERCEIRA IDADE disse...

Louvável e com razão essa homenagem ao dia das Mães. Parabéns pela matéria.Um abraço Iolanda