quinta-feira, 21 de abril de 2011


O Kindle e as bibliotecas


Fonte: Exame Informática digital

Tem sido um braço de ferro entre as bibliotecas e os produtores de livros eletrónicos. O número máximo de leituras (26?), por cada Ebook, tornava inviável, por razões financeiras, a circulação e empréstimo destes produtos. É possível que a polémica esteja perto do fim nos Estados Unidos. Por enquanto, na Europa, continuamos a aguardar o desenvolvimento destas políticas comerciais.


imagem via brunoshiguemoto


Sem comentários: