quinta-feira, 1 de julho de 2010


O Acordo Ortográfico e os manuais escolares

Para quando o novo Acordo Ortográfico?

A adesão ao acordo não tem sido fácil. E, quanto a actualizar manuais escolares com a nova grafia, pior. Como conciliar datas de adesão à nova grafia com actualização de manuais?

De acordo com o artigo do Público, de 28 de Junho de 2010:

É claro que, à medida que o tempo passa, há cada vez menos tempo e é cada vez mais apertado o prazo para poder pôr isso em prática nesse ano letivo”, disse à agência Lusa o secretário geral da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), Miguel Freitas da Costa.

Os manuais, frisa, “são preparados com muita antecedência e ainda se aguarda uma decisão do Ministério da Educação”.

Para Miguel Freitas da Costa, os editores já precisariam nesta altura de saber quais as orientações para começar a preparar os livros com a nova grafia [itálicos nossos].


Fonte:Público, 28-06-2010

1 comentário:

Anónimo disse...

Quanto mais tempo Portugal levar para adotar o Acordo Ortográfico, mais as editoras brasileiras avançarão sobre seu mercado de além mares