domingo, 9 de maio de 2010


Biblioteca pública "high tech"


Biblioteca pública “do século XXI” entusiasma estudantes e educadores


Por Giulliana Bianconi, 05-03-2010
Fonte:
instituto.claro-Brasil
Na Biblioteca de São Paulo, no Carandiru, usuários têm acesso a audiobooks e kindles, que
"convivem" com livros tradicionais
Esqueça o ambiente levemente empoeirado, as capas de livro remendadas com fitas isolantes e o acesso restrito a lentos computadores. Substitua esse "conjunto" nada atraente aos jovens por um espaço iluminado, colorido, aconchegante e moderno. Com livros sim, mas com CDs e DVDs novinhos também. Com 120 computadores que permitem acesso gratuito à internet e ainda com outros elementos instigantes, a exemplo dos leitores eletrônicos Kindles, que remetem ao universo high-tech. Enfim, uma biblioteca com potencial para ser um destino frequente dos jovens e um espaço para entusiasmadas pesquisas escolares e universitárias.

O lugar descrito existe há pouco mais de um mês. A Biblioteca de São Paulo reúne todas essas características e ainda prima pela inclusão das pessoas com deficiência. Muito bom, não? Tem mais: foi construída em parte do terreno que abrigava o presídio do Carandiru, onde uma história triste de chacina foi "escrita" e contada ao mundo em outubro de 1992.

[...]

Sem comentários: