sexta-feira, 5 de março de 2010


da Marta Amaro (10ºI)


Há gotas às cores a cair na cabeça
Há a minha cabeça
Há sapatos a andar por si,

Há velhinhas a fugir de ti
Hás tu com o teu caderno
Há as letras do teu caderno
Há um rapaz sentado ali ao fundo
- é um desenho que ganhou alma-
Há o armário da minha consciência
Preta, encarnada, áspera e algodão doce,
Uma misturada
Há pássaros a voar - e não são só eles que voam
Há eu a voar e a não conseguir tirar os pés do chão

Sem comentários: