quarta-feira, 27 de janeiro de 2010


Quatro poemas

Aqui se apresentam textos inspirados no poema "Quase" de Mário de Sá-Carneiro, realizados no âmbito da disciplina de Português.

Algo quase poético


do Bernardo Correia (10ºI)

Sim, Quase...

Quase a Escolha tomei
Sobre Ti, Ele, ou mesmo Ele.

Quase me enganei
Quase todos Amei;
Mas por um apenas,
As Lágrimas quase derramei...!

Nestes intermináveis Quases
O Quase é o único Absoluto...!

Sem comentários: